Celino Cunha Vieira - Associação Portuguesa José Marti / Cubainformación.- A partir de agora, Havana já é oficialmente considerada “Cidade Maravilha do Mundo Moderno”, tendo sido inaugurado no passado dia 7 um elemento escultórico com placa comemorativa à entrada da baía, frente ao “Castillo de San Salvador de la Punta” assinalando-se assim o reconhecimento de milhões de pessoas de todo o mundo que votaram durante o ano de 2014 num concurso organizado pela Fundação Suíça “New7Wonders” que seleccionou inicialmente 1.200 cidades de aproximadamente 220 países até se chegar à fase final com apenas 14 candidatas.

Celino Cunha Vieira - Associação Portuguesa José Marti / Cubainformación.- Invariavelmente quem percorre o Centro Histórico de Havana encontra na Praça de S. Francisco, junto ao Convento, uma escultura de bronze em tamanho real da autoria do escultor José Villa Soberón que representa “El Caballero de Paris” despertando a atenção de quem passa por ser uma figura enigmática e desconhecida da grande maioria dos visitantes.

Celino Cunha Vieira - Associação Portuguesa José Marti / Cubainformación.- Passados 30 anos sobre o fatídico dia 26 de Abril de 1986 em que ocorreu na cidade de Chernobyl na Ucrânia o maior acidente nuclear de que há memória, com um impacto superior ao de Fukushima no Japão em 2011, Cuba continua a receber anualmente cerca de 800 crianças ucranianas para serem tratadas dos efeitos nocivos herdados dos seus progenitores que foram expostos directamente às radiações e que passaram para as novas gerações as alterações genéticas causadas por aquela catástrofe que ainda hoje continua a provocar danos irreversíveis.

Celino Cunha Vieira - Associação Portuguesa José Marti / Cubainformación.- Enquanto em Portugal se comemora a “Revolução dos Cravos” do 25 de Abril de 1974, Cuba recorda que desde este dia mas no ano de 1961, portanto há 55 anos, sofre as consequências de um bloqueio económico, comercial e financeiro imposto unilateralmente pelos EUA e que tarda em ser completamente abolido, mesmo depois de a administração norte-americana ter reconhecido a sua ineficácia para derrubar a Revolução Cubana.

Celino Cunha Vieira - Associação Portuguesa José Marti / Cubainformación.- Com relações diplomáticas ininterruptas entre Portugal e Cuba há quase um século, as trocas comerciais entre os dois países nunca tiveram grande expressão, limitando-se à comercialização pontual de alguns produtos que pela sua qualidade ou produção privilegiada mais interessava de parte a parte, já que, como pequenos países e um mercado limitado, pouco despertava a atracção das empresas, embora com algumas boas excepções.

Celino Cunha Vieira - Associação Portuguesa José Marti / Cubainformación.- Para quem de Cuba apenas conhece as praias, a música, o rum e aquilo que ao longo dos anos se tem escrito e comentado sobre o “tenebroso” regime dos Castro, uma mentira tantas vezes repetida transforma-se em verdade absoluta.

Celino Cunha Vieira - Associação Portuguesa José Marti / Cubainformación.- Na próxima terça-feira dia 22, cumprem-se 57 anos sobre o primeiro desfile e concentração da população “habanera” frente ao antigo Palácio Presidencial, hoje Museu da Revolução, com o objectivo de apoio às leis revolucionárias, destacando-se das palavras de Fidel no seu discurso improvisado em que dizia: “agora, mais que nunca, é necessária a unidade do povo e que pela primeira vez em Cuba o governo pode dirigir-se aos camponeses e aos trabalhadores em geral como a seus amigos, a seus companheiros, como aos únicos que têm direito a pedir que não fracasse a Revolução”.

La Columna
Viaje a Colombia
Gerardo Moyá Noguera*.- El presidente del gobierno español, Pedro Sánchez, viajará a la gran Colombia a fin de entrevistarse con el ciudadano presidente Petro. Le pedirá disculpas por el hecho de que el jefe del est...